A LUTA CONTINUA

A CGTP-IN comemorou o seu 40º aniversário.
Fê-lo da forma mais apropriada: realizando uma grande Assembleia de dirigentes e activistas sindicais - ou seja: em luta.

Os mais de 1300 sindicalistas presentes relembraram o 1 de Outubro de 1970, dia em que foi criada a Intersindical, que viria a transformar-se na Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional. A CGTP-IN.

Nos seus quarenta anos de vida, a CGTP-IN - unitária, de classe, democrática e de massas - afirmou-se como a grande central sindical dos trabalhadores portugueses, desempenhando um papel decisivo em momentos vários da nossa história colectiva.
Por isso tem sido alvo, por parte das forças do grande capital, de fortes e permanentes ofensivas tendo como objectivo - eles o disseram... - «quebrar a espinha à Intersindical»...

Objectivo fracassado - como o comprova o conteúdo da acção todos os dias desenvolvida pela CGTP-IN e, de forma particular, a Assembleia de ontem.
Em especial quando os 1 300 sindicalistas presentes aplaudiram entusiásticamente - e gritando «A Luta Continua» - a decisão de convocar uma Greve Geral para o dia 24 de Novembro.

É isso: A Luta Continua - e, na situação actual, a linha fundamental dessa luta é a criação de condições para que a Greve Geral se traduza num grande êxito da acção organizada e da luta dos trabalhadores.

10 comentários:

Antuã disse...

E havemos de vencer.

Justine disse...

Que assim seja!

Manuel Rodrigues disse...

Dia duplamente feliz:
Por cá, como bem dizes, Cravo de Abril, a CGTP reafirmava as profundas razões de ser do seu projecto: Total combate à exploração, num país, onde as forças de direita (as que governam e as que apoiam o desgoverno)comandadas pelo grande capital e coordenadas pelo "grande salvador" aceleram a ofensiva.
Mas, por outro lado, porque no Equador, os trabalhadores, o povo, as forças progressistas, os militares leais à Constituição rechaçaram um golpe de Estado (muito parecido com o que há 15 meses derrubou o presidente Manuel Zelaia nas Honduras) e derrotaram os intentona das forças golpistas (sempre sob a mesma marca dos golpes made in USA e com a participação dos mesmos títeres).
QUE VIVA, POIS A CGTP, A LUTA DOS TRABALHADORES E DOS POVOS, SEMPRE A MOSTRAR-NOS QUE "DEPOIS DOS VENCEDORES, FALARÃO OS VENCIDOS".

Maria disse...

E com o nosso empenho o dia 24 vai ser uma enorme Jornada de Luta!

Um beijo grande.

smvasconcelos disse...

Mais do que nunca, não pode parar!!
beijo,

Graciete Rietsch disse...

A luta tem que continuar. O terramoto aproxima-se e ai de nós se não aumentarmos as nossas defesas.

O povo não pode deixar-se desmobilizar pela caluniosa desinformação.

Beijos.

samuel disse...

É decisivo que assim seja!

Abraço.

GR disse...

Façamos do dia 24 a maior Jornada de Luta.
Viva o 40º Aniversário da CGTP!

Bjs,

GR

Nelson Ricardo disse...

Se há organização essencial ao povo português e à sua classe trabalhadora é a CGTP. Vivam os 40 anos de luta da Central Sindical de Classe e que 24 de Novembro seja um grande dia de luta.

Um Abraço.

Fernando Samuel disse...

Antuã: mais tarde ou mais cedo...
Um abraço.

Justine: e será.
Um beijo.

Manuel Rodrigues: sejas bem aparecido como... a Greve Geral...
Origado pelo teu comentário, como sempre certeiro.
Um abraço.

Maria: e quanto maior for o empenho...
Um beijo grande.

smvasconcelos: lutar, lutar sempre, é o caminho.
Um beijo.

Graciete Rietsch: juntando esforços e forças, venceremos.
Um beijo.

samuel: e estou em crer que vai ser.
Um abraço.

GR: vamos a isso e viva a GGTP:
Um beijo.

Nelson Ricardo: será se trabalharmos para que seja...Viva a CGTP.
Um abraço.