ISTO ANDA TUDO LIGADO...

Estava escrito que assim seria e assim foi: mal a CGTP anunciou a convocação da Greve Geral, os analistas de serviço pagos à peça passaram ao ataque.
Sindicatos e sindicalistas começaram desde logo a ser objecto de sucessivas rajadas de ódio de classe - e de então para cá, não passou um dia sem que um (às vezes mais do que um) desses propagandistas da ideologia dominante exibisse as suas credenciais...

Logo a seguir, entraram em cena os bonzos - tipo Mário Soares e outros escalrachos semelhantes - a dizer por palavras suas o mesmo que os analistas de serviço disseram por palavras deles...

Seguiram-se as chamadas «cartas do leitor» - e é raro o dia em que não aparece um «leitor» (às vezes mais do que um) a repetir o que os analistas de serviço e os bonzos debitaram.

E assim continuará a ser até ao dia 24 de Novembro.
Depois, a partir do dia 25, mudam o disco... e tocam o mesmo: a Greve Geral foi um fracasso, porque não pararam todos, mas mesmo todos, todos, os trabalhadores...

Hoje foi a vez (outra vez...) de um escriba com lugar cativo na Correio da Manhã fazer o seu número.
Sem ponta de vergonha, escreveu: «É difícil entender a adesão à greve geral de trabalhadores que têm o emprego seguro e o ordenado, pouco ou muito, garantido ao fim do mês»
E, desavergonhado, rematou: «Tenham vergonha, por favor».

O desavergonhado é um tal António Ribeiro Ferreira que, no Correio da Manhã, assina uma rubrica para a qual escolheu o título do pasquim oficial do fascismo salazarista: «Diário da Manhã» - a confirmar que isto anda tudo ligado...

14 comentários:

JN disse...

É mesmo, isto anda tudo ligádo o Manha antigo o Correio de agora e outros tais DN e canais . O Marcelo parece o outro Couto ? que tambem faláva ao domingo na TV e até dáva umas dicas contra o governo. Isto significa que vamos ter uma grande GREVE GERAL .
Abração
JN

A CHISPA ! disse...

O A.R.Ferreira é um fascista declarado,os outros quando passaram pelo governo deram provas suficientes do seu social-democratismo liberal,na defesa dos interesses capitalistas,portanto é natural que continuem a desempenhar o papel de gestores e de lacaios da burguesia capitalista.Ou estavam à espera de outra coisa?.

As centrais sindicais é que deviam de ter outro comportamento e seguir os exemplos que vêm de França, da Grécia, da Roménia e outros países,que têm confrontado os "seus" governos com poderosas formas de lutas diárias,na França por exemplo por muito menos do que em Portugal,já vai à vários dias com greves nacionais, os estudantes estão na rua a apoiar os trabalhadores.Na Roménia os funcionários públicos manifestaram-se e ocuparam o ministério das Finanças.A Grécia já fez 7 ou 8 dias de greve geral, e todos os dias à greves sectoriais e manifestações, uma autêntica guerra de guerrilha.

Mas em Portugal é o que se vê,convoca-se uma Greve Geral para dois meses depois de anunciadas as medidas e sem a apresentação de qualquer plano de acção de luta de mobilização com greves sectoriais e manifestações até 24 de Nov. e para depois desta data, abrindo-se desta forma todas as possibilidades, para que o governo ponha a sua politica anti-social em prática,aliás foi esta prática dita de luta que permitiu a aplicação do PEC II. Os reaccionários e os fascistas que apontam, estão a fazer o trabalhinho deles, ou seja estão a defender os seus interesses de classe.

Consultem a"achispavermelha.blogspot.com" e dêem a vossa opinião sobre o artigo que esta públicou sobre a Greve Geral a realizar.

A CHISPA!

Maria disse...

O que os mói é que a Greve Geral esteja convocada.
O que lhes dói é que tenha sido convocada pelas duas centrais.
O que os rói é a que a Greve Geral de 24 de Novembro vai ser um êxito!
Mas para isso temos de trabalhar MUITO!!!!!!!

Um beijo grande.

Manuel Rodrigues disse...

Também... que esperavas tu, Cravo de Abril? que esses imbecis tecessem elogios aos grevistas? que enaltecessem a greve?... Ainda bem que estão furiosos... deixa-os espumar com o ódio que lhes dilacera as entranhas...Por antítese, é a melhor prova de que a luta está a crescer... Antes da greve geral, virá uma manifestação histórica de trabalhadores da Administração Pública. E, antes de ambas, realizaremos milhares de reuniões com trabalhadores, plenários de activistas, assembleias de delegados sindicais,etc, numa impressionante marcha contra a política de direita e a caminho de um novo rumo para Portugal.
Porque te espantas, então, Cravo de Abril? Que esperavas, tu, do ovo da serpente?...
A Greve geral vai ser muito grande, por mais que esses desavergonhados vociferem...
Está na sua natureza (de classe) reagirem assim.

H. Gonçalves disse...

Essa de convocarem a UGT para a greve geral é que eu não contava.
Será que eles não aderiram, para depois trairem a luta mais à frente?
Ou pretendeu-se salvaguardar a UGT de mais um desmascaramento?

Um abraço

H.Gonçalves

Antuã disse...

Então não esperavas que essa gentalha chispasse?!...

Graciete Rietsch disse...

Pois é mais que evidente que anda tudo ligado, incluindo a chispa cujo fim úlimo é desmobilizar.

Espero que o povo português, adormecido como anda, tome consciência da importância desta GREVE GERAL e de todas as lutas que a precedem ou que venham depois.

Um beijo.

samuel disse...

O traste não pode de todo entender que um trabalhador com emprego esteja, por exemplo, solidário com o desempregado ou o precário...
Pela cartilha que interessa divulgar, os desempregados, os precários, os imigrantes, os pobres... são o inimigo.
É fundamental pôr o roto a odiar o nu... para que se "safe" o rico!

Abraço.

Anjos disse...

...Só mesmo os muito ingénuos pensariam que não!

O imbecilóide também aí afirmava que os desempregados vêm todos do sector privado. Então e o avultado número de professores que constam das listas do ME e "ainda" estão à espera de colocação?

A frase com que rematou a expressão da sua própria alarvidade é compreensível: pede aos outros aquilo que ele não tem nem sequer sabe o que é.

Abraço

Hilário disse...

O grande Capital e o seus lacaios vão tentar de tudo para porem em causa a grande jornada de luta que será a GREVE GERAL de 24 de Novembro, mas nós estamos cá para combater todas as golpadas destes senhores, vamos contribuir para o grande êxito desta Luta, participando em todas as iniciativas de mobilização para a GRVE GERAL.
A luta Continua
Um Abraço

joão l.henrique disse...

Quanto mais próximo estiver o dia 24 de Novembro, mais verniz haverá a saltar dos pseudo-democratas que nós sabemos que nunca o foram.

Um abraço.

Fernando Samuel disse...

JN: sim, sim, há umas certas semelhanças entre os bichos...
Um abração.

A Chispa: como contributo para a desmobilização da greve, não está nada mal.

Maria: MUITO, MUITO, MUITO.
Um beijo grande.

Manuel Rodrigues: pois é, sou um... ingénuo...
Abraço grande.

H.Gonçalves: à primeira pergunta, só a UGT poderá responder; a segunda, não percebo.
Um abraço.

Antuã: confesso que esperava...
Um abraço.

Graciete Rietsch: estes são momentos em que as alianças da direita com a chamada «extrema esquerda» saltam como chispas...
Um beijo.

samuel: solidário!, ó samuel se o homem sabe que colocaste essa hipótese, morre de colapso...
Um abraço.

Anjos: e é talvez por saber isso que ele pede aos outros o que não tem...
Um abraço.

Hilário: esclarecer, convencer, mobilizar...
Um abraço.

joão l.henrique: e nós temos muito trabalho a fazer para que a greve seja um grande êxito.
Um abraço.

Anónimo disse...

Votaram no biltre Soares. Engoliram cheios de misericórdia um um sapo. Depois foi a vez de Sampaio, o tontinho do pontapé na bola. Nesse nem foi necessária a auto-flagelação do sapo. Já antes tinha sido o medíocre colonialista Eanes e agora preparam-se para salvar o "poeta" alegre. Os oportunistas não agradecem aos traidores.

Fernando Samuel disse...

Anónimo: pois.