POEMA

ESMAGADOS SOB AS PATAS...


Esmagados sob as patas
das bestas taciturnas
os nosso peitos ansiosos,
que havemos nós de fazer senão, irados,
mesmo imprudentemente,
erguer-nos contra quanto
é ordem truculenta,
crença mutiladora,
ou crime sistemático?


Armindo Rodrigues

6 comentários:

samuel disse...

Nada!
Apenas "irados, mesmo imprudentemente, erguer-nos contra quanto é ordem truculenta, crença mutiladora, ou crime sistemático!"

Abraço.

Membro do Povo disse...

Idem, unidos venceremos!

Ana Camarra disse...

Não podemos ter outra atitude!

beijos

Justine disse...

Erguer-nos, sim, mesmo imprudentemente!

Maria disse...

Fazer exactamente o que diz o Armindo Rodrigues...

Um beijo grande

Fernando Samuel disse...

samuel: e basta...
Um abraço.

Membro do Povo: ... e a luta continua...
Um abraço.

Ana Camarra: resistir!
Um beijo.

Justine: se é que é imprudentemente...
Um beijo.

Maria: e é suficiente...
Um beijo grande.