ANZÓIS, PRECISAM-SE

Há um mês, Paulo - Filho de Belmiro - anunciou a tragédia: em 2008, os lucros da Sonae desceram!; em 2008, os lucros da Sonae foram de - «apenas!» - 80 milhões de euros!
No entanto, dando provas de notável visão empresarial, o Filho do Pai produziu três afirmações lapidares:
1 - «Faço um balanço positivo da actuação do Governo»:
2 - «Tenho empatia por José Sócrates»;
3 - «O Público é um jornal de grande qualidade que nos beneficia imenso.
Mais palavras para quê?: é o filho de peixe a exibir as suas excelsas capacidades natatórias...

Há dias, Belmiro - Pai de Paulo - também a pensar em lucros (e, portanto, em exploração), passou receita para as empresas afectadas pela crise (que são todas, obviamente...): ou despedem 50% dos trabalhadores ou reduzem os salários em 50%.
Como se vê, num caso ou noutro está assegurado o essencial: duplicar o grau de exploração e, assim, duplicar os lucros.
É o Pai do Filho a ensinar o b-a-bá da economia de mercado...
E, continuando a aula, fez questão de lembrar que o emprego não é um direito humano: é, isso sim, um acto de caridade, uma prova da bondade do patrão, que o trabalhador deve agradecer portando-se bem, ou seja: não exigindo melhores salários nem melhores condições de trabalho; fazendo horas extraordinárias quando o patrão mandar (e, evidentemente, não as recebendo como extraordinárias); e, especialmente, acabando com esse luxo inadmissível, indecente, indecoroso, que são os fins-de-semana - neste caso expressando-se naquele seu linguajar típico, ordenou, imperativo: «não há emprego para quem quer passar os fins-de-semana com os pés na água».
Mais palavras para quê?: é o peixe velho a exibir-se, defecando boçalidade, arrogância, insolência, autoritarismo - e exalando um nauseabundo e pestilento cheiro a fascismo.

Perceberemos muito melhor a situação que vivemos, se reflectirmos um pouco sobre o significado das declarações destes «peixes».
E dessa reflexão, concluiremos que... anzóis precisam-se - ou seja, que a luta de massas é o caminho.
E que «quando o povo acorda é sempre cedo».

10 comentários:

samuel disse...

Filho de peixe podre, também cheira mal! Não rima... mas é fatal!

Abraço

Membro do Povo disse...

Artigo 23.º da declaração universal dos direitos humanos:

"1. Toda a pessoa tem direito ao trabalho, à livre escolha do trabalho, a condições equitativas e satisfatórias de trabalho e à protecção contra o desemprego.
2. Todos têm direito, sem discriminação alguma, a salário igual por trabalho igual.
3. Quem trabalha tem direito a uma remuneração equitativa e satisfatória, que lhe permita e à sua família uma existência conforme com a dignidade humana, e completada, se possível, por todos os outros meios de protecção social.
4. Toda a pessoa tem o direito de fundar com outras pessoas sindicatos e de se filiar em sindicatos para a defesa dos seus interesses."

Maria disse...

De salientar que o filho deste peixe ganha 196 vezes o ordenado (mais baixo) que pratica lá no seu "estaminé". Ou seja, é o leque salarial mais amplo neste país em tempo de crise: 1 para 196!

Convido-te para almoçar, mas desta vez não vamos às migas. Gostas de filetes de chaputa?

Um beijo grande

Ana Camarra disse...

Acho que esta noite naio durmo preocupada com a familia Azevedo e a crise que atravessam...
Entretanto tenho uma amiga, licenceada em Sociologia, que sábado ou domingo se me dirigir ao Modelo, lá está, entretanto os filhos estão em casa, o marido também, mas ela não tem os pezinhos de molho!
Entretanto eu ao contrário da familia Azevedo tenho uma crescente antipatia pelos Socrates, pela familia Azevedo também, já agora!

Rais parta esta gente, não se pode extermina-los?

beijos

Crixus disse...

É o filho do pai, o pai do filho e os filhos da ... enfim.
Um abraço

Sílvia disse...

As expressões empregues por estes indivíduos (estou a resistir ao insulto...), são de tal forma nauseantes e perturbadoras que de repente qualquer violência sobre estes ..."peixes" não me indignaria, e muito menos comoveria. Quando o fascismo se manifesta, seja de que forma for, a ira e a revolta são consequências naturais!!
beijos,
Sílvia MV

Sopro leve disse...

Então não deviam gostar do Sócrates...
Mas quem é que alterou o Código de Trabalho de forma a aprofundarem ainda mais o conceito de exploração... e aplica-lo a todos aqueles que são explorados por eles; Trabalhadores que se limitam a receber o suficiente para irem trabalhar no dia a seguir... também é verdade, para que querem mais € se não têm tempo para gastar

Antuã disse...

Eles são os filhos da chaputa.

Fernando Samuel disse...

samuel: vai-se a ver e até rima...
Um abraço.

Membro do Povo: e a Constituição da república Portuguesa diz, mais ou menos, o mesmo.
Um abraço.

Maria: esses filetes abundam...
Um beijo grande.

Ana Camarra: poder, pode...
Um beijo.

Crixus: filhos da... ilustre senhora que lhes deu o ser...
Um abraço.

Sílvia MV: resististe exemplarmente...
Um beijo amigo.

Sopro leve: o Sócrates é um dos seus homens de mão.
Abraço.

Antuã: e do cação...
Um abraço.

Anónimo disse...

Esses fihlos da p uta só lá vão com bombas. esses cabrõ es só vão acordar quando lhes rebentar um carro à porta de casa.

e esse dia devia estar a chegar, sob pena de sermos todos dizimados pelo capital. ou pegamos em armas, ou perdemos.

agora devia ser o momento.