POEMA

REMATE


O que é obscuro
tentemoos elucidá-lo.

O que é complexo
tentemos
simplificá-lo.

O que é impuro
tentemos
purificá-lo.


Armindo Rodrigues

6 comentários:

CRN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CRN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CRN disse...

Que importante que todos pensassem desta forma, o problema é que parece que só a complexidade no discurso o torna idóneo, mesmo sem que o seu conteúdo porte nada relevante, mas, na volta esta é só uma impressão, de quem utilizou este idioma, tão grande; de quem se construiu, construiu e foi construido, nele, apenas até aos 20 anos.

samuel disse...

Boa! O Armindo Rodrigues começa logo com três exortações "simples"... "fáceis"... mas tão urgentes!

Abraço.

Graciete Rietsch disse...

Urgentíssimo tentar esclarecer todas as falsas informações com que todos os dias somos bombardeados.
Armindo Rodrigues di-lo de uma forma tão simples mas tão directa!

Um beijo.

Maria disse...

É um grande 'Remate' este, e urgente é concretizá-lo.

Um beijo grande.