ATÉ À VITÓRIA FINAL

Partiram?
Não: ficaram.
Aliás, nestes dois dias de Cimeira, os ocupantes apenas (re)marcaram o território que sabem ser deles: que é deles desde os tempos sombrios do fascismo; que perderam durante os dois anos luminosos da Revolução de Abril; que recuperaram neste tempo outra vez sombrio da contra-revolução.
Mas que, um dia, voltará a ser nosso.

Os governantes portugueses - de Sócrates a Cavaco - confirmaram-se como criados para todo o serviço dos senhores, particularmente do SENHOR de todos os senhores - o chefe máximo do bando de malfeitores que hoje domina o mundo e que daqui saíu decidido a varrer a ferro e fogo todos os obstáculos que se oponham ao seu domínio total do planeta.

Entretanto, enfrentando com coragem a campanha de medo difundida pelos média dominantes, mais de 30 mil pessoas ergueram uma poderosa manifestação pela PAZ e contra a NATO - manifestação que esses média, confirmando-se como veículos da desinformação organizada ao serviço dos senhores e do SENHOR, trataram como se esperava...

E a luta continua - para já, com a GREVE GERAL do dia 24.
E continuará depois do dia 24.
Cada vez mais forte.
Cada vez mais participada.
Até à vitória final!

9 comentários:

svasconcelos disse...

Sim, muitas batalhas virão, mas a LUTA é o (nosso) caminho!

"que havemos de fazer senão, irados,
erguer-nos contra quanto
é ordem truculenta,
crença mutiladora,
ou crime sistemático?"

Um beijo,

trepadeira disse...

"É preciso avisar toda a gente".
Estou a aprender para andar descalço quando as pedras romperem as botas.
Um abraço,
mário

Maria disse...

A luta é o caminho que temos pela frente. E que iremos continuando a percorrer, até à vitória final!

Um beijo grande.

Graciete Rietsch disse...

Sim, os que verdadeiramente querem mudar este sistema político que nos sufoca e que apoia a cínica vontade daqueles que dizem fazer a guerra, em nome da Paz, apenas pelo lucro proveniente das armas e que até já inventaram um processo de a fazer sentados num escritório em frente de um computador, esses sim merecem a nossa consideração e continuarão a Luta.
Os provocadores estão ao serviço do imperialismo e dos seus lucros ignóbeis.
Um grande passo na Luta, a greve do dia 24.Mas a Luta continuará,

Um beijo.

samuel disse...

Vitória que tarda... mas é certa!

Abraço.

do Zambujal disse...

Tens toda a razão (a razão da História). E lembro que os dois maravilhosos anos que vivemos foram pouco mais de um ano - com o antes e o depois, são a nossa vida toda - e marcaram este nosso País de forma indelével. Por mais que eles queiram apagar esses meses de futuro que vivemos. E continuamos a viver porque na luta!

Abraço

Antuã disse...

Lutaremos contra a mais terrível rede terrorista que se reuniu no nosso país.

joão l.henrique disse...

O caminho é o da luta diária até à vitória final.

Um abraço.

Fernando Samuel disse...

smvasconcelos:é esse o caminho, de facto.
Um beijo.

mário: «dar notícia, informar, prevenir»...
Um abraço.

Maria: e lá chegaremos.
Um beijo grande.

Graciete Rietsch: é isso; no dia 25 a luta continua.
Um beijo.

samuel: nesta caso é que há que dizer: inevitável...
Um abraço,

do Zambujal: e esses dois anos mostraram-nos que é possível.
Um abraço.

Antuã: foi isso mesmo que aqui esteve durante dois dias.
Um abraço.

joão l.henrique: e não há outro.
Um abraço.