METEM NOJO

Quando, um dia, se fizer a história da ofensiva contra o PCP ao longo dos tempos, constataremos que ela constitui parte grande da história lusitana da pulhice humana.
Estou em crer que o conteúdo odiento e a forma desavergonhada dessa ofensiva têm a ver com a raiva que se apossa dos seus protagonistas ao verem frustradas, sucessivamente, as suas previsões necrológicas sobre o PCP...

Salazar e os seus jornais anunciaram repetidas vezes a morte do Partido, na convicção de que os comunistas não resistiriam às perseguições, às prisões, aos assassinatos, a toda a brutal repressão fascista.
Obviamente, enganaram-se.

O grande capital actual e os seus média, não se cansam de decretar a morte do PCP, na convicção de que, fazendo dos comunistas o seu alvo preferencial, utilizando contra eles toda a espécie de mentiras, de falsidades, de calúnias e difundindo-as massivamente, os desejos que têm de ver o PCP morto serão concretizados.
Obviamente, enganam-se.

Mas lá que lhes custa enganarem-se, custa, ó se custa!...
E lá que lhes causa raivas, causa, ó se causa!...

Vem isto a propósito da «notícia» do Público de ontem, sobre as coimas nas contas dos partidos.
O texto - assinado pelo inevitável Nuno Sá Lourenço (NSL) - como todos os escarros, mete nojo.
Partindo da premissa de que «é a partir das despesas que o Estado calcula a subvenção concedida aos partidos», NSL chega à conclusão de que, «ao incluir as coimas nessas despesas, os partidos acabam por receber de volta, mais tarde, o valor monetário das coimas que lhes foram aplicadas».

Ora, porque a premissa é falsa, a conclusão também o é.
Na verdade, as subvenções do Estado aos partidos são decididas, não a partir das despesas, mas a partir dos votos que cada partido obtém na mais recente eleição à AR - e, portanto, é falso tudo o que NSL escreve sobre os partidos receberem de volta o valor das coimas.

Mas NSL não é só isto... não esqueçamos que ele é um jornalista-tipo da nova ordem comunicacional, um daqueles a quem Serge Halimi chamou certeiramente os novos cães de guarda...
Pelo que, pegando na falsidade produzida, NSL virou-a... contra quem havia de ser?: contra o PCP, pois claro - o PCP que, diz ele, porque pagará de coimas não os 3 mil euros que os restantes partidos pagam, mas 30 mil euros, é o grande beneficiado!...
Esclareça-se que o facto de o PCP pagar 30 mil euros em vez dos 3 mil que deveria pagar, resulta de uma atitude claramente persecutória contra o Partido - mas isso que interessa?: NSL não tem nada contra atitudes persecutórias se elas forem contra o PCP...
E, já agora, sublinhe-se que quem vai pagar esses injustos 30 mil euros são os militantes e simpatizantes comunistas.

Depois, não querendo ficar sozinho com a patranha que engendrou, NSL foi ouvir o habitual «especialista», que desta vez dá pelo nome de Luís de Sousa; que é «investigador» não sei de quê; e que, fazendo sua a patranha de NSL, sentenciou que «as multas têm que ser sentidas na pele, têm que ser subtraídas à subvenção»...
(ó sr. investigador, em vez de cagar sentenças por ouvir dizer, não seria melhor investigar primeiro e depois falar?...)

Posto isto - patranha escrita e devidamente avalizada pelo «investigador» - a mentira correu célere por todos os telejornais como se se tratasse de verdade incontestável.
E para que fosse, também, incontestada, o comunicado emitido pelo PCP e repondo a verdade foi cirurgicamente silenciado por todos os telejornais.

É a isto que eles chamam informação isenta, imparcial e independente...
Metem nojo.

13 comentários:

samuel disse...

Muito bem!
Já fui acrescentar um link para este post no meu "desabafo"...

Abraço.

Maria disse...

Não me digas que ainda estavas à espera que o comunicado do Partido tivesse eco na comunicação social 'vigente'...
Esta gente distorce tudo o que esteja ao seu alcance para denegrir e tentar lixar o Partido. Lembras-te daquela dos lucros da Festa? Que eram apenas as receitas feitas na Festa? Cambada de estúpidos anormais.

Um beijo grande.

Aristides disse...

Conseguem elaborar uns raciocínios bem retorcidos, lá isso é verdade!
Abraço

do Zambujal disse...

Que bosta|
Metem nojo e cheiram mesmo mal!


Um abraço

joão l.henrique disse...

São os papagaios ao serviço dos raivosos vampiros da democracia.


Um abraço.

Antonio Lains Galamba disse...

quem mandou o camarada Lopes bater no Cavaco, quem foi?????? agora toma. a resposta do lacaio. são todos merd..., perdão, farinha do mesmo saco!

abraço

Graciete Rietsch disse...

Até quando o nosso Povo será enganado por estes lacaios e seus patrões?
O ajuste de contas tarda a chegar, mas chegará!!!!

Um beijo.

Anónimo disse...

E o que se pode dizer do C.Silva quando assinou com o seu homólogo Secretário-geral da UGT a companhia muito "solidária" na greve geral de 24 de Novembro?

É assim que querem ter a confiança dos trabalhadores portugueses?

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Metem nojo e bastante, mas os comunistas saberão sempre resistir e lutar para mudar o rumo capitalista que a sociedade Portuguesa está novamente a tomar.
Temos uma história de luta e sobretudo coerência entre os princípios que difundimos, e a nossa prática quotidiana.

CRN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CRN disse...

Aos porcos, como aos cães
não lhes interessa a verdade
não lhes interessa ninguém
Aos porcos, como aos cães
ditam-lhes a realidade
com preço de vintém.

Bom ano!

Sopro leve disse...

Mais do mesmo... quando somos vassalos, temos que dançar a dança que o nosso dono toca.
Pobreza de espírito convive muito bem com a vassalagem.

Anónimo disse...

necessario verificar:)