UM PAÍS DE SANTOS

Consumada a canonização de Nuno Álvares Pereira, o «Prefeito da Congregação para as Causas Santas», D. José Saraiva Martins não esconde a felicidade que lhe vai naialma.
Diz ele, triunfante, que esta canonização «é um acto de justiça e é uma página de ouro da História da Igreja e de Portugal».
E é capaz de ser, já não digo nada...

Quanto ao futuro, D. Saraiva Martins - que só pensa nas Causas Santas, que delas e para elas vive - também está confiante.
E tem razão para isso, já que «estão em Roma 33 causas de beatificação e canonização oriundas do nosso país», o que quer dizer que «Portugal vai, certamente, continuar a ter santos» - e, portanto, vai ter mais «páginas de ouro» na sua História que, assim, tende a transformar-se num verdadeiro tesouro...

Não há dúvida: o futuro de Portugal está nas canonizações.
E muitas serão elas, pois para além das já concretizadas e das 33 que se perspectivam, D. Saraiva promete muitas mais.
E porquê? Porque, garante ele, «somos um país de santos».
Atão não somos?...

11 comentários:

Crixus disse...

Faz lembrar o dito do tempo da monarquia, mas adaptado: Foge cão que te fazem beato, para onde se me fazem santo?
São todos santos, e devem pensar que nós somos anjinhos...
Abraço

Maria disse...

Bailha-me a Santinha da Ladeira... e eu a pensar que éramos um país de Navegadores, que deram novos mundos ao Mundo, etc...

Um beijo grande

Antuã disse...

Santo, santo, nem tanto. Ainda vamos ter o S. José de sousa por ter feito o milagre de fazer um povo em m-r-a.

GR disse...

Só o Antuã me fazia rir!

Quando leio que “somos” fazedores de tantos santos penso,
Quanto dinheiro custa fazer um santo?
Quem lucra?
O Vaticano esfrega as mãos de contente.
Somos é um país, de anjinhos.

GR

samuel disse...

De facto, até somos... e isso é que lhes tem salvo as costas de uma boas bordoadas.

Abraço

do Zambujal disse...

Semos, sim senhor!
E ter alguns aqui ao pé da porta e outros que por aqui passaram e daqui foram condes, nem calculam como é bom...
Além disso, ter o privilégio de conhecer a miraculada, a dos pingos de azeite, saber de quem é mãe, e como o dito filho de tal mãe se mexe nestes corredores é mais que um privilégio... é um milagre.
Só um pormenor: o dito filho da mãe é o autor de umas interessantíssimas entrevistas à irmã (ou é prima?) Lúcia, e está há décadas ao serviço de uma fundação estado unidense com interesses de vária ordem (são as ordens novas) por Ourém-castelos e Fátima.
Malhas que o o impéri(alism)o tece...

Ludo Rex disse...

O que há mais em Portugal, são 'santos e santinhos...' Este por exemplo matou 36 mil espanhóis e reprimiu a Insurreição Camponesa no Alentejo.
D. Nuno Alvares Pereira é escolhido pelo Mestre para dirigir a defesa do Alentejo.
Haja santo... Eu diria melhor, haja vergonha...
Abraço em Liberdade!

Ludo Rex disse...

Há já me esquecia, em 1384 precisamente...

Ana Camarra disse...

Estou como o Crixus, um país de anjinhos, acredita-se em tudo: no milagre das Rosas, no regresso de D. Sebastião, no milagre do Freeport, da Casa Pia, da Santa da ladeira e de Felgueiras também, no milagre da multiplicação de off shores, no milagre da inocência de Constâncio, dos Hemofilicos e de Leonor Beleza, etc, etc.
Anjinhos, pois então!

beijos

Fernando Samuel disse...

Crixus: é uma fantochada...
Um abraço.

Maria: santos, guerreiros... heróis - já lá dizia o salazar...
Um beijo grande.

Antuã: esse é um santarrão...
Um abraço.

GR: boa pergunta, essa: quanto custa fazer um santo? - e mais esta: quanto rende a feitura de um santo?...
Um beijo.

samuel: és bem capaz de ter razão...
Um braço.

do zambujal: não me digas que a senhora que recuperou milagrosamente a vista é a mãe desse filho que fez as celebérrimas entrevistas à irmã Lúcia!
Se assim é, um dia destes vou publicar aqui alguns extractos desses divertimentos...
Um abraço grande.

Ludo Rex: santos, santinhos e santarrões...
Um abraço.

Ana Camarra: sendo «um país de santos» teremos que ser um país de milagres...
Um beijo.

albano ribeiro disse...

Este é o tal que mais gosta de ver é um homem deitado ou de joelhos a rezar,diz ele que é uma imagem linda!!!+ um manholas de antanho.