O FUTURO

«Duração do subsídio de desemprego pode vir a ser reduzida até 75%»: é a notícia de hoje - ou antes: uma das notícias de hoje, porque as troikas são autênticas coelhas parideiras...
Na verdade, não se passa um dia sem que uma, duas, três notícias destas nos visitem: todas para o mesmo lado, todas no mesmo sentido, ou seja: todas contra os trabalhadores e o povo - que o mesmo é dizer: contra Portugal.

Mas há quem não esteja parado e combata com unhas e dentes esta política criminosa.
É o caso, por exemplo, do PS.
Diz a notícia: «Seguro critica Governo por ser inábil no relacionamento com os parceiros sociais»...
Ou seja: se o Governo fosse hábil na aplicação do seu terrorismo social...

Também o BE não pára!
Diz a notícia: «A adopção por casais do mesmo sexo é um dos próximos combates do BE»...
Ou seja: as «grandes causas» à frente de tudo...

E o Natal está aí.
Um Natal que - escreve Pacheco Pereira - «será triste, porque todos sabem que a vida vai piorar, e que não existe esperança no futuro próximo».
Sendo isso certo, não o é menos que há, entre esses «todos», muitos que não desistem de lutar para dar a volta ao presente - por muitos que sejam, e são, os obstáculos; por muito difícil que seja, e é, a luta.
E é nessa luta - e nos que não desistem de lutar - que está o FUTURO.

8 comentários:

Graciete Rietsch disse...

É nessa luta que eu confio!!!
Os queixumes para nada servem. Só a revolta e a luta.

Um beijo.

joão l.henrique disse...

Eu também acredito que é aí que está o FUTURO.

Um abraço.
Boas festas.

samuel disse...

Realmente... se estivéssemos à espera da "habilidade" do PS e da possibilidade do menino Jesus ser adoptado por por dois dos "gays magos"... :-)

Abraço.

trepadeira disse...

Se não houvesse pedras no caminho era fácil demais para valer a pena.

Um abraço,
mário

Sérgio Ribeiro disse...

Força!
Por/para uns dias melhores que o natal não oferece de mão beijada (ou pé...).

Grande abraço

josé Manangão disse...

Só a luta poderá fazer a justiça, de contrário continuamos com a caridadezinha, todos os dias do resto da nossa vida.
Um abraço do tamanho da nossa esperança.

Maria disse...

Que estes dias passem depressa para continuarmos a luta que nos levará ao Futuro!

Um beijo grande.

svasconcelos disse...

De acordo com a Maria, que este "carnaval" passe depressa, é opreciso intensificar a luta em questões determinantes para o nosso futuro.

Um beijo,