CIDADANIA E ÁGUA BENTA...

O folhetim Fernando Nobre continua a dar que falar.
E à medida que vão sendo reveladas mais peripécias do caso, mais evidente fica a desvergonha da postura do Nobre e dos que, de uma maneira ou doutra, integram o seu círculo cívico-cidadão.


Afinal quem é que convidou Fernando Nobre para seu candidato às legislativas?
O PSD? O PS?
Luís Osório, que fez parte da direcção de campanha de Fernando Nobre, diz que
«tanto o PS como o PSD lhe fizeram convites e tentaram o seu apoio».

Assim sendo, por que razão é que Nobre aceitou o PSD e rejeitou o PS?
Luís Osório apresenta as duas razões que levaram Nobre a fazer a opção que fez: em primeiro lugar, «o seu convencimento de que que o ciclo socialista chegou ao fim» - assim como quem diz: se o PSD é o senhor que se segue no Poder, então é com o PSD que eu estou...
E assim, Nobre exibia uma vez mais as suas meritórias qualidades de cidadania, de desapego pelo poder, enfim de todo aquele conjunto de atributos cívicos que o levaram a jurar e jurar e jurar que candidatar-se às legislativas nas listas de um partido político, isso NUNCA!...

A segunda razão que, segundo Luís Osório, levou Nobre a optar pelo PSD tem a ver com «o facto de o PS apenas se ter aproximado de Nobre depois dos 14% que este obteve nas eleições», enquanto que Pedro Passos Coelho «procurou várias vezes escutar a opinião de Nobre» durante a campanha.
E aqui está mais um exemplo da singular postura cívico-cidadã do impoluto Nobre: ao mesmo tempo que nos debates televisivos deitava abaixo os «políticos», os «partidos», a «política», ele trocava amenas opiniões político-partidárias com o líder do PSD...
A mostrar que cidadania e água benta cada um toma a que quer...

Portanto, Sócrates atrasou-se, distraiu-se, adormeceu e... quando acordou, era tarde.
Segundo revelou Luís Osório, o encontro que juntou José Sócrates e Fernando Nobre, ocorreu depois das eleições.
Foi num jantar, que teve lugar... onde é que havia de ser?: em casa de Mário Soares, pois claro.
Sempre segundo Osório, no decorrer do referido jantar Sócrates não deu o passo em frente no sentido de convidar Nobre para as listas do PS, limitando-se a manifestar surpresa pelos 14% por ele obtidos.
E confessando-lhe, também, que «metade dos seus ministros votara nele».

A outra metade, certamente, votou no Cavaco...

16 comentários:

samuel disse...

Este Nobre é um manancial... de lixo.

Abraço.

Anónimo disse...

Nobre, um escroque ambicioso que só engana mesmo quem quer ser enganado.

Normalmente, políticos mentirosos dão algum tempo até aparecerem, de novo, nos meios de comunicação social.

No caso do Nobre, não esperou muito tempo.

Mete nojo.

(Jorge)

Bolota disse...

A insanidade mental devia ser uma das condições para não se poder ocupar um cargo politico e ainda mais o de 2ª figura do estado.

Nobre está definitivamente com problemas graves…Um democratas não diz tamanha barbaridade

do Zambujal disse...

Isto é uma nojeira.

Um abraço

Anónimo disse...

Fernando Samuel
Acabei dee ouvir as noticias que informaram que se Nobre não fôr eleito presidente da AR renuncia ao mandato. Já percebi. O "homem" é médico deve saber alguma coisa do Cavaco e espera que ele morra para aceder a Presidente da República. Se não fôr presidente da AR não lhe vale de nada para o que ele quer. Terei razão?
Vitor sarilhos

joão l.henrique disse...

Eis o Nobre das varias camisolas,todas sem qualidade e vazias de princípios políticos.

Um abraço.

GR disse...

“Senão for eleito presidente da AR renuncia ao mandato” Presunçoso de direita.
Pensa que a AMI é A.R.? digna Instituição (apesar de alguns não serem merecedores de lá entrarem).
Lentamente a direita e extrema-direita sai do casulo sem pudor.
Ele retratou-se muito bem e nada escondeu, aquando da entrevista Francisco Lopes/Nobre.
Mas há mais a passarem para o PSD!

Bjs,

GR

Bolota disse...

GR,

Presunçoso de direita é pouco, por aquela carola há por láuns laivos de ditadorzeco de meia tijela.

Anónimo disse...

Mal apanham um deficiente mental regalam-se todos a deitá-lo abaixo como se ele fosse um perigo tenebroso para a saúde pública.
É caso para dizer: «diz o rôto ao nu com que te vestes tu»?

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Fernando Nobre, o "pregador" da moral na vida civil Portuguesa, toma uma atitude esperada. É que (quanto a mim) quem muito fala contra, põe defeitos em tudo, diz muito das suas "virtudes", e fala muito na 1ª pessoa do singular, anda sempre ... à procura de qualquer coisa, e logo para 2º figura do estado Português.
Para um desapaixonado pela política ... ...

Hipólito Santos disse...

Se fosse um doente mental tinha cura mas é um grande reaccionário por isso não tem cura é necessário desmascarar e dar ao despreso.

svasconcelos disse...

É um caso de repugnância crescente... só lodaçal, podridão.Já o vi monárquico (ou defensor da monarquia) mas a concorrer a presidente da república, e apartidário a concorrer por vários partidos num espaço de 2 anos...Depois são as declarações demagogas da galinha, e as interesseiras como a da abdicação do cargo de deputado pois o que pretende mesmo é o de presidente da AR... Este homem é um case study e certamente não pelas melhores razões.
beijo,

Maria disse...

Todos os mencionados no post não me merecem um pinguinho de respeito que seja. Fazem parte do mesmo lixo que tresanda neste país há anos!

Um beijo grande.

Medronheiro disse...

Não vai faltar salsichas.

Anónimo disse...

Eu digo que a criatura é: ambiciosa,pouco honesta ou então está caquetico. E quem se acredita na creiatura é parva e eu parva não sou. Abreu

pedras contra canhões disse...

já não restam dúvidas. e a nós que as não tínhamos resta-nos a satisfação de ao menos não levarmos uma desilusão.