O TANAS!

Em Castelo Branco, Cavaco Silva e António Barreto - dois figurões da contra-revolução, inimigos de Abril e da sua democracia, responsáveis directos, cada um à sua maneira, pela situação em que hoje se encontra Portugal - fizeram o que se esperava que fizessem: falaram, falaram, falaram...
Num Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a sério, ninguém lhes teria dado a palavra.

Em Lisboa, na Embaixada dos EUA, Mário Soares, o vendilhão da independência nacional, e Frank Carlucci, o pagador, reencontraram-se - e fizeram o que se esperava que fizessem: relembraram os golpes e golpaças com que destruíram a democracia de Abril e instalaram esta coisa que é a democracia deles.
Num Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a sério, teriam falado mas era O TANAS!

11 comentários:

Pedro Namora disse...

Confessou ontem Soares, vangloriando-se, que se encontrava semanalmente com o mafioso Carlucci. Mais um contributo para se entender a contra-revolução em Portugal. E para se perceber que, por um triz, não tivemos a mesma sorte do Chile de Allende. Com Soares à vontade no papel de Pinochet. Que esterco.

Bolota disse...

Cavaco Silva e António Barreto??? Olha que dois.

Se um apela á agricultura sabendo que não pode semear um nabo porque já mamou os subsidos todos para não produzir nada, conforme os tratados da PAC, o outro foi o coveiro da reforma agraria. Segundo ele, as ceifeiras debulhadoras estavam equipadas com metrelhadoras tipo G3. Hoje é ouvido como grande sumidade e até de dá ao luxo de dar recados a politicos.

Será que este povão não tem memomoria?? Votar á direita cheio de fome deve dar uma tesão do caraças...

samuel disse...

... poderiam ter escrito, telefonado à família, sei lá... :-))) :-)))

Abraço.

José Rodrigues disse...

O problema é que a maioria da malta com 37 anos, mais ou menos,não sabe nem sonha o que foram as manobras desses vermes.É tempo de lerem A Verdade e a Mentira na Revolução de Abril de Álvaro Cunhal,por exemplo.Amanhã vão ser cravos de Abril aos molhos em memória do grande patriota Vasco Gonçalves!Do papabolos e do (devia ser presidiário)nº77/77 não me falem de lacaios...cheiram mal!

Abraço

O Puma disse...

Cavaco ao contratar Barreto

pensou no "dia da raça"

Maria disse...

Falavam mas era... calados!

Um beijo grande.

Graciete Rietsch disse...

O que nos estava reservado para o Dia de Portugal!!!!
Bem fiz eu que não ouvi nada! Estive a ler "Ilda Figueiredo


Um beijo.

Graciete Rietsch disse...

Não sei porquê, mas no título do livro falhou- conversa com Agostinho Santos.
O título é
ILDA FIGUEIREDO
Conversa com Agostinho Santos

Um beijo

Medronheiro disse...

Juntaram-se os vermes aos montes. Mas havemos de os esmagar.

Justine disse...

Que ignomínia!Que indigna é toda essa gente!

Anónimo disse...

Meteu nojo ouvir António Barreto a dizer mal da nossa constituição; a meter-se na pele daqueles que querem «americanizar» ainda mais o país.
Ao mesmo tempo, Paulo Portas a mandar beijos para Manuel Ferreira Leite - a «Cara de Portão de Cemitério».
Como também meteu nojo ver Soares, ao lado de um Carlucci, já caquético, a ser bajulado pelo pseudo-jornalista Mário Crespo. Soares chegou a dizer que Otelo Saraiva de Carvalho jogou ténis com Carlucci.
Horrível!

(Jorge)